Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Se não é a trovoada, é o vento. Se não é o vento, são os incêndios. O certo é que os habitantes ficam sem corrente eléctrica.

Devido aos pequenos incêndios que vão ocorrendo ora no monte ora numa bouça ou mesmo num campo que quase se tormou numa bouça (e alguns já se tornaram mesmo) na passada noite de Sábado, por volta da hora do jantar, alguns habitantes ficaram com a energia eléctrica a meio-gás até, nalguns casos, meio da manhã de Domingo. Contudo desta vez a EDP não demorou a reestabelecer correctamente a corrente, mediante as "reclamações" obtidas. Mas se no campo particular resolveram prontamente a situação, já no campo público a desgraça repete-se e quem segue o "Miranda em Notícia", qualquer dia farta-se, infelizmente, de ler sempre o mesmo, mas é o mal que vai na terra. Alguns dos lugares da Miranda continuam a não parecerem "filhos de Deus" e a luz pública que nos outros lugares vai funcionando, nesses cansa-se ao fim de alguns meses (poucos!) a funcionar decentemente. Ainda não consegui perceber é de quem será a culpa, mas espero em breve, em vez de fazer notícia do mau funcionamento, abrir com "Luz pública funciona igualmente em toda a Miranda". Afinal de contas "enquanto há vida, há esperança".

Autoria e outros dados (tags, etc)




Último comentário

  • Anónimo

    VivaEste servico esta muito irregular....mas e a e...


Notícia mais comentada