Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Rusga da Miranda

02.08.13
Siga a Rusga! É assim que manda a música e o que se espera da Rusga da Miranda.
Depois da sua apresentação na festa em honra de Sto António e de N. Sra das Dores em Cendufe, na nossa freguesia, a Rusga teve a sua primeira saída. A sua primeira actuação decorreu nas festividades em honra de N. Sra da Piedade, em Távora (Sta Maria). Diga-se que nada ficou a dever às outras rusgas participantes e teve uma boa actuação tendo em conta a falta de experiência.
No final da actuação das rusgas em palco, a Rusga da Miranda tomou a iniciativa de uma tocata geral a quem se juntou elementos da Rusga Amigos do Coração (Cendufe). Foi ao som desta tocata que se dançaram alguns viras no terreiro de n. Sra da Piedade no dia 26 de Junho (Sexta-feira).
Muitas palmas, muitos elogios, muitas críticas construtivas, mas sobretudo muito apoio e surpresa naquela que se atreveu à sua primeira actuação com apenas um mês de existência.
Esperam-se muitas outras actuações!
 

 

 

 

 

 

 

 
(O texto, por falha técnica, não estava visível até à data de 5-8-2013)
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

A todos os Mirandenses e restantes amigos e seguidores deste blogue a Administração pede sinceras desculpas por não ter cumprido com o prometido - as actualizações mensais (no mínimo mensais).

O mês de Junho foi um mês mais agitado, enquanto que o mês de Julho foi aparentemente mais comum.

 

  •  Falecimento

Faleceu no inicio do mês de Junho o sr. Bento Fernandes, residente no lugar da Vaqueira, casado com D. Maria Castro e pai de Isabel e Manuel Fernandes. O falecido, vítima de doença prolongada, era ex-emigrante do Canadá onde se encontrava à data do seu falecimento, junto dos seus familiares.

 

 Faleceu também a D. Rosa Dantas, viúva, vítima de doença. A falecida era mãe do nosso Presidente de Junta, José Varandas.

 

  •  Parque de Merendas

E o Parque de Merendas é sempre tema de "jornal" neste blogue. Pois é, mas a verdade é que devemos dar valor ao que a natureza nos dá, pois em dias em que o Sol nos torrava a moleirinha e não no sentido figurado, uma vez que a vaga de calor se sentiu também intensamente na Miranda, a verdade é que quem escolheu passar o dia no "nosso Parque" certamente não sofreu boa parte do calor que em muitos locais se fez sentir, chegando o calor a impedir actividades organizadas nos ditos locais. Acredito que uma actividade planeada no Parque de Merendas não teria sido cancelada, pois a boa sombra é apelativa.

  •  Festa de Sto António

A festa de Sto António correu como se esperava que assim fosse - correu bem.

No sábado à noite a festa iniciou, como habitual nas festas e romarias, pela parte religiosa. Por cerca das 21h realizou-se a Missa de procissão de velas e o resto da noite foi animada pelo Grupo Musical "sons do Lima" de Ponte da Barca.

No Domingo aguardava-se a novidade, mas antes disso era momento da fé que deve vir sempre em primeiro lugar e que a Miranda cumpre com devoção e não apenas como obrigação (a meu ver deve dar-se valor ao que assim merece). Por cerca das 15horas iniciou-se a Missa em honra de sto António e de N. Sra das Dores, presidida pelo pároco João Lima e cantada pelo Grupo de Jovens da Miranda. A missa da festa foi transmitida pela rádio do concelho "Rádio Valdevez". A procissão realizou-se de seguida, contando com quatro andores e várias bandeiras. No final do professar da fé deu entrada no palco, para animar a tarde, o Rancho de S.Pedro do Vale de Arcos de Valdevez, acompanhado por alguma chuva. O público não arredou pé e manteve-se para assistir àquela que seria a apresentação da Rusga da Miranda. Após várias músicas do inicial reportório desta rusga o público dançou alguns viras gerais, bem como chulas e canas verdes que fazem reinar as festas mirandenses.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)




Último comentário

  • Anónimo

    VivaEste servico esta muito irregular....mas e a e...


Notícia mais comentada