Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Actualizar

19.01.15
  • Telefone público

Tal como noutras localidades, também na Miranda existe agora um telefone em espaço público, como que uma cabine de telefone público. Essa "cabine" encontra-se na paragem de autocarro no lugar do Mosteiro. Basta ter umas moedinhas e já não há motivo para não se contactar quem quer.

Ora bem, o progresso é sempre bom e certamente aquele telefone quando menos esperado pode ser útil, mas será que actualmente numa freguesia como a nossa terá "grande valor"? Digo freguesia como a nossa, porque a população é maioritariamente idosa e surgem-me dúvidas se um/a idoso/a se deslocará ali quando o seu telefone avariar. E será que num mundo actual em que até os mais idosos e menos entendidos em novas tecnologias têm um telemóvel este vem favorecer muito o nosso progresso local?

Contudo, volto a frisar que quando menos esperado terá a sua utilidade, só é pena que tenha sido só agora. 

Apenas há conhecimento de que foram colocados estes telefones em diversas localidades, desconheço responsabilidades. A finalidade é apenas dar a conhecer o que acontece (de forma pública) na freguesia.

  • Falecimentos

Ao fazer 18 anos desde o último acontecimento do género, a Miranda depara-se com dois falecimentos/ funerais no mesmo dia.

Recorde-se que no passado dia 3 de Janeiro faleceu o sr. Manuel Dantas Ferreira,aos 80 anos de idade, do lugar da Pontinha, mas actualmente a residir num Lar (no nosso concelho). Vítima de doença, faleceu no Hospital de Sta Luzia de Viana do Castelo, onde se encontrava hospitalizado.

Faleceu também o sr. Manuel Ramos, aos 86 anos de idade, do lugar de Represas. Também vítima de doença, faleceu no Hospital Conde de Bertiandos de Ponte de Lima, onde estava hospitalizado.

Ambos os corpos chegaram à igreja paroquial da Miranda no dia 4 onde estiveram em câmara ardente e onde decorreram as cerimónias fúnebres,tendo ido a sepultar no cemitério da freguesia, no dia seguinte.

 

  • Cantar das Janeiras

A Rusga da Miranda mantém tradições e este ano saiu à rua para de porta em porta cantar as janeiras desejando aos amigos as Boas Festas e um Bom Ano.

O tempo frio e chuvoso não tem facilitado tarefa, mas o grupo continua de lugar em lugar, na esperança de aqui ou ali para além da "janeira" também haja um lugar quentinho para dar força a continuar.

Na Página Oficial da Rusga da Miranda, no Facebook, podem ver fotos e vídeos do decorrer desta actividade.

 

  • Sobre os nossos

Já lá vão alguns anos que o Miranda em Notícia publicou sobre o nosso conterrâneo Fernando Amorim da Cunha, devido à sua profissão (Mirandense no Kosovo). Desta vez a notícia surge pelo mesmo motivo (a profissão), mas destaque diferente, pois não se trata de uma participação em missão militar, mas sim, como dizemos entre nós, "subiu de posto". No passado dia 8, o nosso conterrâneo foi promovido a Major, no Regimento de Cavalaria nº6 ( em Braga). A dedicação e profissionalismo têm sempre o seu reconhecimento e se uns são homenageados por mérito, este nosso conterrâneo conseguiu mais um nível na sua profissão. Promoção essa pelo qual certamente se empenhou e dedicou bastante. Motivo de orgulho para os seus familiares, mas também para a terra, pois é sempre bom ver os Nossos trabalharem com reconhecimento e irem mais além quer na vida pessoal quer profissional.

Que outros níveis sejam atingidos são os votos da administração do Miranda em Notícia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Festa de Natal

19.01.15

O Grupo de Jovens da Miranda tem sofrido várias alterações na sua constituição por diversos motivos da vida pessoal dos seus elementos. Contudo, é persistente e mais um ano organizou a festa de natal da nossa freguesia. Com apoio da Junta de Freguesia e da Associação e com a participação de várias crianças e jovens da freguesia, bem como da Rusga, a tarde do dia 21 de Dezembro foi marcada por risos, danças e reflexão sobre a época.

Com a sala decorada, ao longo da festa, que iniciou cerca das 14h30 com a actuação dos mais pequeninos numa peça de Presépio Vivo, assistiu-se às mais diversas animações. Os pequenitos cantaram músicas de Natal, a Rusga actuou com as suas músicas e com a novidade da adaptação de uma música de Natal, mas fomos surpreendidos com os temas de reflexão sobre o Natal, quando o público se viu envolvido num "Julgamento do Natal" no "Tribunal da Miranda" (ver vídeo) e algumas pessoas do público viram-se também inesperadamente participantes numa peça de comédia intitulada "Bem-vindos à Miranda".

O Presidente da Junta de Freguesia e a Presidente Associação R. C. D. da Miranda foram a palco a convite de deixarem umas palavras e no final foi servido um lanche para todos os presentes e bailarico, como habitual nas festas mirandenses.

Duas particularidades que, por graça e fofoquice, aconteceram este ano: o "menino Jesus" (a quarta representação real do Menino) chorou logo que "nasceu" e o Padre João (que em anos anteriores comparecia, mas por pouco tempo) este ano assistiu desde o início à Festa de Natal.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)




Último comentário

  • Anónimo

    VivaEste servico esta muito irregular....mas e a e...


Notícia mais comentada