Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Em época das festividades da Senhora da Peneda, ou mesmo até da Penedinha de Letrigo, como denominamos a Srª da Peneda venerada na nossa freguesia, na capela particular em Letrigo, recordo-me que foi por esta altura que fiz a minha 1ª Comunhão. E que tem isso de especial para quem lê os artigos de "Miranda em Notícia"? Nada! É um facto, mas foi ao lembrar-me disto que reparei que na publicação anterior não referi baptizados, comunhões e casamentos celebrados no mês de Agosto. Ao contrário do ano anterior, neste ano as cerimónias religiosas fizeram-se notar. Apenas um casamento, de dois emigrantes, ambos naturais da Miranda. No que toca a comunhões, que no ano anterior não se realizaram, neste ano (se não me falha a memória) foram seis os catequizandos que receberam a comunhão pela primeira vez, não tendo havido a festa de Comunhões solenes ou Professões de fé. Mas falemos de baptizados. Não me recordo (mas na minha idade também não tenho muitos conhecimentos dos tempos já idos) de na Miranda o número de cristãos católicos ter aumentado tanto em tão curto espaço de tempo.  Eu arriscava a contar cerca de 10 baptizados em apenas 15 dias. Isto são as minhas contas, pois nas duas primeiras semanas do mês era comum ouvir-se o sino "a repenico de baptizado". Aos recém- casados, aos jovens das primeiras comunhões e aos novos cristãos, votos de felicidades.

Autoria e outros dados (tags, etc)





Último comentário

  • Anónimo

    VivaEste servico esta muito irregular....mas e a e...


Notícia mais comentada